AS ÁGUAS DE CAMBUQUIRA

 

Cambuquira, cidade que fica aos pés da Serra da Mantiqueira em Minas Gerais, é uma estância hidromineral com lençol de águas riquíssimo. Essas águas, naturalmente gasosas, assim como o Parque das Águas, são elementos fortíssimos na formação da identidade da comunidade. As fontes foram reformadas nos anos 1960 e possuem estilo modernista, com inspiração na obra de Oscar Niemeyer. Do Parque das Águas é possível acessar a entrada para a mata de Cambuquira.

Com propriedades terapêuticas, as águas de Cambuquira são internacionalmente conhecidas. Em 2015, a cidade se tornou a primeira Cidade Azul da América Latina ao assumir o compromisso de zelar pela água de maneira sustentável, garantindo-a para as próximas gerações, bem como pela manutenção dos recursos naturais. O selo Cidade Azul foi assinado pela Prefeitura Municipal de Cambuquira por intermédio da ONG Nova Cambuquira, guardiã das águas, junto ao Conselho dos Canadenses.

 

Água Gasosa 

Na fonte do Parque das Águas é possível encontrá-la com três intensidades de gás diferentes. Sua indicação médica é para o tratamento de nefrite aguda ou crônica, diurese, gastrites, hepatismo e inflamação dos canais biliares, angiocolite, colocistite, desordem intestinal, dermatoses por intoxicação, eczemas, estimulantes da secreção e motricidade gástrica.

Água da Fonte Roxo Rodrigues 

Rica em lítio, a água da Fonte Roxo Rodrigues, conhecida como Fonte do Barracão, é a água usualmente engarrafada para comercialização. De bolhas finas e sabor suave, pode ser consumida em maiores quantidades, assim como a Gasosa. Sua fonte jorra constantemente. É a única fonte, cuja construção preserva as características arquitetônicas originais.

 

Água Magnesiana

Possui gás suave e é adequada para o consumo. Nos anos 80 e 90 era a água servida nos hotéis da cidade. Rica em magnésio, que leva seu nome, esta água é estimulante da função renal, reumatismo, obesidade, uricemia, litíase, colite, pialite e pielonefrite.


Água Férrea

De gosto fortíssimo, a água rica em ferro não é abundante 100% do tempo, como a maioria das fontes do Parque das Águas, tendo um comportamento intermitente, com intervalos regulares de curta duração, o que deu motivo ao imaginário popular de criar a “Lenda da Água Férrea”, afirmando que, quando uma pessoa chega à fonte, se estiver jorrando é por causa de seu bom coração, entre outras versões. Naturalmente indicada para o tratamento de anemia, caquexias, linfatismo, astenia, convalescença de moléstias agudas. Deve ser tomada em pequenas doses.


Água Sulfurosa
Esta fonte apresenta sua canalização sob observação, e fluxo intermitente. Rica em enxofre é indicada para a pele, cura de diurese (deve ser bebida em jejum), colite, gastrite, acidez, além de ser estimulante do peristaltismo dos intestinos

Em complemento, Cambuquira possui fontes também no Parque do Marimbeiro, e a Fonte do "Dico", nas cercanias da cidade, com acesso pela Mata do Parque ou por estrada que dá acesso à área rural. O parque ainda abriga o SPA das Águas, com massagens e tratamentos terapêuticos. Mais detalhes no ítem passeios.

Dados e agradecimento a ONG NOVA CAMBUQUIRA

Guia Cambuquira | por Ananda Guimarães

Um projeto da Romã Produtora Cultural

Parque das Águas

Além das fontes, o parque tem ainda lago com pedalinhos, spa para massagens e banhos, lojinhas de artesanato e saída para a mata. O visitante pode levar até 5 litros de água por pessoa.

Seg a dom - 7 às 18h.

Entrada: R$3,00

Rua Pedro Beltrão, 138 - Centro

(35) 3251-1683
 

  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Facebook

  Guia Cambuquira | Minas Gerais, Brasil

Por Ananda Guimarães | Romã Produtora Cultural ©2018 

  • Black Instagram Icon
  • Black Facebook Icon